sexta-feira, 22 de agosto de 2008

Menino Évora


O silêncio das pernas
Marcas de areias
.
.
Hoje foi dia de Évora!
_
_
uma imagem de Gonçalves

1 comentário:

O Profeta disse...

Uma rosa breve
Uma hortênsia de alva cor
A terra molhada pelo sereno
Nos celeste paira um Açor

A madeira verde, a dança do fogo
O embalo do loureiro no vento, o alecrim
Um ribeiro de inquietas águas
Levam o perfume das mágoas em viagem sem fim


Convido-te a sentir a minha paleta de aromas

Abraço