segunda-feira, 29 de junho de 2009

O Tempo com o Mundo


O tempo tornou-se, para o Homem, um elemento material do Universo. Erroneamente.

_

_
uma imagem de Foureyes
_
mandamento neófito

terça-feira, 23 de junho de 2009

Reflexos



Invento sonhos

nele posso tocá-la

ser terno e devagar


- gostas assim -



Esse seu feminino, a demorar na minha boca,

sutil e singular

reflexo, cada canto do canto do teu olhar

Rumoroso amor esse. O Nosso...

de pensamentos ousados a sobrar

me sussurras: sou tua mulher

nos sonhos que invento

teu corpo é minha chama. quente.

O mundo perde a importância

nem sei eu que horas são

sei de ti mulher : livre-libertina-ardente

a deitar sobre mim

E que quer. quer. Apenas me quer.

_
_
_
uma imagem de Grammy and Koropop's

segunda-feira, 22 de junho de 2009

XXI - A Viagem desta noite...Eternal


O que é que existe sempre?

_
-
uma imagem de JJ John

sábado, 20 de junho de 2009

Um quê de sua alma em cada cor


As texturas de um caminho
encontro na bruma do dia
_
Sem praga nem suspiro que me impeçam
percorro cada pedaço de um muro
do meu olhar disperso ou questionador
Sou eu que percebo suas cores
ou será a cor da longa rua que me ensina a olhar?
Úmido é o ar. caladas são as palavras
deserta essa rua no lado desconhecido do oriente...
Entretanto, por onde quer que eu esteja a andar
as cores de tantos movimentos
a rua na cidade oriental
irá por certo levar-me
a um lugar - qualquer lugar - onde possa eu
contar das cores que me ensinam a olhar

_
_
uma imagem de J. P. Martins

sexta-feira, 19 de junho de 2009

LA VIE EN ROSE



..." Il me dit des mots d'amour,
Des mots de tous les jours,
Et ça m'fait quelque chose" .

(Trecho da canção La Vie en Rose - Nina Simone)

Fazendo amor!
_
_
uma imagem de Piero Errera

quinta-feira, 18 de junho de 2009

XX - A viagem desta Noite - Pés Descalços



Tudo consiste em pisar com humildade... assim é uma forma de liberdade!

_
p.s. humildade não é subserviência.

_
_
uma imagem de Teresa

terça-feira, 16 de junho de 2009

Do silêncio e outros caminhos



Em cada bosque busco um caminho
Em cada caminho busco algo
que ainda não tenha nome
que seja inocente e livre
Que acabe a solidão
desvende os truques do medo
E seja passagem para os meus desejos,
meus desejos livres.
Sem dissolução do real.
Sem corromper meu silêncio.
_
_
uma imagem de Ben

segunda-feira, 15 de junho de 2009

Só Sombras


Sombras são como os grãos de areia...escapam-nos: um, ao mais leve desvio do olhar, o outro ao mais leve sopro do vento.

_
_
uma imagem de Helder J. Pontes A. Barreto

sexta-feira, 12 de junho de 2009

XIX - A viagem desta Noite -


Vou navegar...quem sabe as águas do mar me revelem mais de você?

_
_
uma imagem de Castor Villar

quarta-feira, 10 de junho de 2009

Madrugada Insana



A madrugada me acordou.
Há alguns dias que desperto, pontualmente, às 02:44.
Será isso algum sinal?
Turbulências das horas, sobressaltos, ruídos...uma coruja com o seu piar
atravessa o silêncio noturno, perturba, rasga a noite, incômoda.
Sinto saudades dos meus sonhos.
Às vezes sonho com a relva,
com lugares misteriosos
sem compromissos do viver.

_
_
uma imagem de H. Koppdelaney

domingo, 7 de junho de 2009

Ele?



Já estou farto de conviver com o silêncio de Deus!

_
_
uma imagem de Diesmali

quinta-feira, 4 de junho de 2009

XVIII - A viagem desta Noite



(a) Guarda-me!

_
_

uma imagem de ppolgar