segunda-feira, 31 de agosto de 2009

XXVII - A Viagem desta Noite


Andanças pelo dourado do mar.

_
_
uma imagem de Fla Barbieri

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

2012



Parte 1

Continua aqui:http://inconscientecoletivo.net/2012-a-profecia-maia/

Fonte do vídeo:Youtube

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

O poeta Dylan Thomas



Excerto de "Under Milk Wood" de Dylam Thomas

"To begin at the beginning:

It is Spring, moonless night in the small town, starless and bible-black, the cobblestreets silent and the hunched, courters'-and- rabbits' wood limping invisible down to the sloeblack, slow, black, crowblack, fishingboat-bobbing sea. The houses are blind as moles (though moles see fine to-night in the snouting, velvet dingles) or blind as Captain Cat there in the muffled middle by the pump and the town clock, the shops in mourning, the Welfare Hall in widows' weeds. And all the people of the lulled and dumbfound town are sleeping now.

Hush, the babies are sleeping, the farmers, the fishers, the tradesmen and pensioners, cobbler, schoolteacher, postman and publican, the undertaker and the fancy woman, drunkard, dressmaker, preacher, policeman, the webfoot cocklewomen and the tidy wives. Young girls lie bedded soft or glide in their dreams, with rings and trousseaux, bridesmaided by glow-worms down the aisles of the organplaying wood. The boys are dreaming wicked or of the bucking ranches of the night and the jollyrogered sea. And the anthracite statues of the horses sleep in the fields, and.... "

Fonte do vídeo: http://www.flickr.com/photos/bigaldaviesishere/3347881432/

sábado, 22 de agosto de 2009

Acerca de Dylan Thomas



ESTE LADO DA VERDADE

Para Llewlyn

Este lado da verdade,
Meu filho, tu não podes ver,
Rei de teus olhos azuis
No país que cega a tua juventude,
Que está todo por fazer,
Sob os céus indiferentes
Da culpa e da inocência
Antes que tentes um único gesto
Com a cabeça e o coração,
Tudo estará reunido e disperso
Nas trevas tortuosas
Como o pó dos mortos.

O bom e o mau, duas maneiras
De caminhar em tua morte
Entre as triturantes ondas do mar,
Rei de teu coração nos dias cegos,
Se dissipam com a respiração,
Vão chorando através de ti e de mim

POEMA DE DYLAN THOMAS
(tradução: Ivan Junqueira)

_
_
uma imagem de Auré From Paris
(for you)

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Seus muros


Escolho a hora deserta para buscá-la
entre os muros escondidos desta cidade
sei que não vou encontrá-la
mas, sigo o caminho ,
meu condutor de desejo,
pois, não posso perder
no fundo do meu solitário desejo
a vontade tão incontida
de sentir seu hálito tocar minha mão
os muros avançam,
são intermináveis,
e minha ansiedade
sobe os degraus
lentamente
como se a vida não acabasse nunca.
_
_
uma imagem de Natasha

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Perspectiva



Suspensos ou presos, no ar, estão todos os sonhos...temporariamente.
_
_
uma imagem de Floradora

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Andanças


Apenas uma parcela de terra cerca seus pés...
O seu decorrer.


uma imagem de Sneha Easwer

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Abu Dhabi







Fonte: Youtube - Abu Dhabi 2030 خطة أبوظبي لعام

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

XXVI - A Viagem desta Noite - Perseids













"As Perseids são uma chuva de meteoros que ocorre cada ano entre 23 de julho e 22 de agosto, com um máximo em 12 de agosto. Esta chuva de meteoros ocorre a cada ano quando a Terra passa através da órbita do cometa Swift-Tuttle, e resíduos congelados do cometa queimam à medida que eles entram na atmosfera da Terra. Esta chuva de meteoros tem uma magnitude média de 2,3. Os meteoros desta chuva parecem provir da constelação do Perseus, embora isto não seja real".
Fonte: Google

sábado, 1 de agosto de 2009

Maria Rita



Um pouco de música

Maria Rita em Mente ao meu coração
Fonte: Youtube